Desviando-se da sabedoria

Desviando-se da sabedoria

Leitura: 1 Reis 3:4-15

Dá, pois, ao teu servo coração compreensivo para julgar a teu povo... v.9

Se Deus lhe oferecesse qualquer coisa que você desejasse, o quê pediria? Quando Salomão teve a oportunidade de escolher, pediu sabedoria para distinguir entre o bem e o mal, para governar corretamente o povo de Deus (1 Reis 3:9). Deus até prometeu-lhe dar riquezas e fama (vv.11-13). Até o dia de hoje, o filho de Davi é lembrado pela grande sabedoria que Deus lhe deu.

Salomão começou seu governo devoto à sabedoria, e com uma profunda ambição em construir um templo magnífico, em honra a Deus. Mas algo aconteceu ao longo do caminho. A sua paixão por viver segundo a sabedoria de Deus foi substituída pela sedução das riquezas e pela posição que Deus lhe havia dado. Seus casamentos com mulheres estrangeiras, que adoravam deuses pagãos, por fim o levaram - e a toda a nação - a idolatria.

A lição está clara. Manter o nosso amor por Cristo e Sua sabedoria como algo sublime e divino é objetivo principal para aqueles dentre nós que têm a intenção de viver para satisfazer a Deus em todo o percurso da vida. O comprometimento em seguir as riquezas da sabedoria do Senhor irá nos capacitar a evitar os desvios que destruíram Salomão.

Mantenha seu coração em sintonia com  sabedoria de Deus  obedeça à Sua voz. Essa é a maneira de terminar bem a vida.

Monitore seu coração para evitar que se desvie da sabedoria de Deus.