Estrada tranquila

Estrada tranquila

Leia: Marcos 6:30-46, , Jeremias 22–23, Tito 1

…Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto… v.31

Viajando de carro para a minha cidade, deixei a estrada principal e segui por uma via secundária, atravessando as montanhas. No final daquela tarde, dirigi lentamente, parando algumas vezes para apreciar as paisagens e as últimas cores do outono. A jornada não me levou rapidamente ao meu destino, mas serviu para restaurar a minha alma.

A experiência fez com que eu me perguntasse: quantas vezes viajo pela estrada tranquila com Jesus? Todos os dias eu saio da “via expressa” das minhas responsabilidades e preocupações para me concentrar nele por algum tempo?

Depois que os discípulos de Jesus completaram um período exaustivo de ministério, Ele lhes disse: “…Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto…” (Marcos 6:31). Em vez de férias prolongadas, eles tiveram apenas um pequeno passeio de barco juntos antes de serem rodeados pela multidão. Os discípulos foram testemunhas da compaixão do Senhor e o ajudaram a suprir as necessidades das multidões (vv.33-43). Quando o dia exaustivo finalmente havia terminado, Jesus buscou renovação com Seu Pai celestial (v.46), na oração.

Jesus, o nosso Senhor, sempre está conosco, quer a vida seja agitada ou calma — mas há um grande valor em investir tempo, a cada dia, para seguir com Ele pela estrada tranquila.

 

O tempo investido com o Senhor sempre é bem aproveitado.