Esperança em Deus

Esperança em Deus

Leia: Salmo 42 , Jeremias 9–11, 1 Timóteo 6

Por que estás abatida, ó minha alma? […] Espera em Deus, pois ainda o louvarei… v.5

Olhando as praias ocidentais do Sri Lanka, tive dificuldades em imaginar que um tsunami havia acontecido ali alguns meses antes. O mar estava calmo e bonito, os casais caminhavam sob o sol e as pessoas estavam ocupadas com seus afazeres — tudo aparentava normalidade, para a qual eu não estava preparado. O impacto do desastre ainda estava lá, mas no fundo dos corações e mentes dos que sobreviveram. O trauma não seria esquecido tão facilmente.

Foi um sofrimento catastrófico que levou o salmista a clamar angustiado: “As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite, enquanto me dizem continuamente: O teu Deus, onde está?” (Salmo 42:3). Por dentro, o coração dele também estava transtornado. Enquanto o restante do mundo seguia com seus afazeres costumeiros, o salmista tinha em seu coração a necessidade de cura profunda e completa.

Somente quando submetemos o nosso quebrantamento diante do bom e grande Pastor do nosso coração, encontramos a paz que nos permite dizer: “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei…” (v.5).

A esperança em Deus é a única solução para os traumas profundos do coração.

 

Ninguém que espera em Deus fica sem esperança.