Crescimento estimulado

Crescimento estimulado

Leia: Hebreus 12:7-11 , Jeremias 6–8, 1 Timóteo 5

...[a disciplina] produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça. v.11

Meu tio estava desanimado pela falta de frutos na laranjeira de seu pomar. Alguém lhe dissera para golpear o tronco da árvore diversas vezes com uma madeira, para fazê-la frutificar novamente.

Aparentemente, há fundamento científico nesse método incomum de motivar o crescimento de uma árvore. Um entendido em jardinagem afirmou: “Às vezes, o hormônio do florescimento parece estar travado na árvore, e por isso as flores não aparecem. Com cuidado, incentive a árvore a florescer por meio do choque em seu tronco. Golpeie o tronco muitas vezes causando pequenas escoriações na casca.”

Quando surgem os problemas em nossa vida, sentimos o golpe, sentimos desespero e então nos perguntamos: Por que isto está acontecendo justamente comigo?

Talvez Deus esteja utilizando uma experiência dolorosa para chamar a nossa atenção. No Salmo 119:71, Davi escreveu: “Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos.” E na carta aos Hebreus lemos que a disciplina “…produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça” (12:11).

Deus está usando a dor para convencê-lo amorosamente a mudar? Enfrentar os problemas pode não ser fácil, mas se lhe permitirmos que nos treine, haverá crescimento e seremos mais semelhantes ao Filho de Deus (Filipenses 3:10).

 

Para os filhos de Deus, as aflições podem ser o instrumento de crescimento espiritual.