Renovo de 2 mil anos

Renovo de 2 mil anos

Leia: Salmo 92:12-15

O justo florescerá como a palmeira […]. Na velhice darão ainda frutos… vv.12,14

Em 2006, os cientistas israelenses conseguiram fazer germinar com sucesso uma semente de palmeira de 2 mil anos. Encontrada no lado oeste do mar Morto, a semente foi rotulada como “Matusalém”, o homem com o registro bíblico de maior idade na Bíblia (Gênesis 5:27). Além do desafio de despertar uma semente há tanto tempo adormecida, a equipe também queria saber mais sobre a árvore elogiada nas Escrituras, por sua sombra, nutrição, beleza e qualidades medicinais.

A palmeira desempenha um papel importante na Bíblia. No Antigo Testamento, a árvore tem conexão com o templo e a presença de Deus. O Novo Testamento descreve como as multidões entusiastas louvavam a Deus e jogavam ramos de palmeiras aos pés de Jesus, quando Ele entrou em Jerusalém montado num jumento.

A promessa do Senhor de abençoar o mundo por meio de um descendente de Abraão também permaneceu dormente por 2 mil anos (Gênesis 12:1-3). Por fim, a Semente da promessa brotou. Essa Semente foi Jesus, o tão esperado Messias. Em breve, a história da Sua vida ressurreta se espalharia por todas as nações na terra.

Agora podemos experimentar esse milagre. O tempo não é o fator determinante. Nem tampouco o solo estéril das circunstâncias. Tudo o que importa é permitir que o nosso coração seja o solo no qual Cristo seja bem recebido e adorado.

Deus nunca faz uma promessa que não irá cumprir.

por Mart De Haan