Novena de Natal - Quinto encontro

Novena de Natal - Quinto encontro

QUINTO ENCONTRO DA NOVENA

Vigiar à espera de Deus “Vimos a sua estrela e viemos adorá-lo” (Mt 2,2)

TESTEMUNHO – SINTO-ME FILHA DO SENHOR DA VIDA

Estudei, casei e tive um bom trabalho. Depois descobri uma doença rara que me levou a uma deficiência visual. Precisei me afastar do trabalho e de todas as atividades que exercia. Devido à deficiência e ao meu próprio preconceito distanciei-me da Igreja: a missa, a confissão e a comunhão não fizeram mais parte da minha vida por uns vinte anos.

Em 2015 uma pessoa que me conhecia sugeriu fazer um encontro da Novena de Natal em minha casa. Eu aceitei. A partir daquele momento tudo mudou em minha vida. Enfim, na Novena do ano passado um encontro falava do sacramento da reconciliação. Fui encorajada por uma pessoa do grupo a me confessar, a fazer algo que há muito tempo não fazia. Procurei a Igreja e fui acolhida. O padre, com muito amor, me ajudou a me liberar daquele preconceito, daquela vergonha que eu mesma me impunha e a confissão, pela graça de Deus, aconteceu. Agora me sinto livre,  me sinto feliz!

Com a ajuda dos amigos, mesmo com a dificuldade visual, continuo participando das missas, da confissão, da comunhão e dos encontros do grupo de reflexão, enfim da vida em comunidade. Sinto-me uma filha muito feliz e amada pelo Senhor da Vida!

(Ordia Crispe de Moraes - PR).

 

GESTO CONCRETO

O Movimento do Cursilho de Cristandade de Guararapes (SP) realizou a celebração da Novena num educandário. Escreveram-nos: Foi emocionante a entrada da imagem de Nossa Senhora e o testemunho de Luciana, que atravessava um momento difícil em sua vida e tinha mudado de religião. Ela foi convidada a participar da Novena e testemunhou que não encontrou em outros lugares o que tinha na Igreja Católica. E confidenciou: aqui é o lugar certo, é o meu lugar! Luciana foi abraçada por todos.

Há alguém que se afastou da Igreja e que podemos convidar para o próximo encontro da Novena?