Novena de Natal - Sétimo Encontro

Novena de Natal - Sétimo Encontro

Buscar as coisas do alto

“Ela deu à luz seu filho primogênito” (Lc 2,7)

TESTEMUNHO – FAZÍAMOS TRÊS ENCONTROS DE NOVENA POR DIA

Eu e minha amiga Giselli assumimos o compromisso de motivar a minha rua e a dela para fazer a Novena. Avisamos todas as famílias e, para que nenhuma faltasse, nós lhes entregávamos um personagem do presépio, para que o trouxessem no dia do encontro. Confesso que em cada dinâmica de grupo eu ficava arrepiada. Foi lindo demais! Tivemos que repetir o encontro por causa da quantidade de casas: fizemos três por dia, rezávamos e abençoávamos cada lar. No quarto encontro da Novena estava uma pessoa com quem eu não falava há quatro anos. Eu fiquei bastante desconcertada, pois nunca tinha tido coragem de pedir perdão, mesmo sabendo que eu estava errada. Nesse dia a dinâmica pedia para escolher o papelzinho com nome de uma pessoa do grupo e dizer para ela: Seu nome está escrito no céu, porque...Tive uma  surpresa: ela pegou o meu nome e me elogiou. Eu fiquei sem palavras e sem ação. Apenas chorei e agradecida. Na dinâmica do outro encontro da Novena fui eu que tive a oportunidade de dar para ela o Menino Jesus, dizendo: Eu te entrego o Menino Jesus...  Nós nos abraçamos e me senti perdoada. Foi intenso, muito choro. Agradeço muito ao Menino Jesus por aquele momento. Nosso grupo se tornou tão forte, que decidimos formar um grupo de terço nas casas (Ana Paula Ribas –Barra do Chapéu – SP).

GESTO CONCRETO

Deixemo-nos guiar pelo entusiasmo da Novena de Natal, orando e buscando gestos concretos de conversão e ação solidária.