A menina não morreu

A menina não morreu

Então disse: Retirem-se, porque a menina não morreu. Ela apenas está dormindo. Jesus entrou, e tomou a menina pela mão. Então a menina se levantou. Mt 9,23-25

Um pai de família procura Jesus pedindo-lhe ajuda para a filha que estava morta. O pai e toda a multidão estavam convencidos da morte da menina. Quando Jesus afirma que a criança não estava morta eles começam a caçoar de Jesus. Foi mais simples para todos aceitarem que ali era o fim da linha para aquela jovem. Jesus, ao contrário vai na contramão daqueles que não se dispõem a lutar incondicionalmente pela vida. Enquanto para a maioria a menina estava morta, o que equivale a dizer que era um caso perdido, não havia mais o que fazer, para Jesus a situação era possível de restauração. Jesus então toma a menina pela mão e devolve-lhe a vida.
Muitas vezes nos deparamos com situação de morte em nossa vida ou na vida das outras pessoas. A questão fundamental, porém, é perguntar a si mesmo como você reage diante de tais situações. Você entrega os pontos e desiste, reunindo-se àquela multidão mergulhada na tristeza, ou você se levanta, uni-se a Jesus e diz: isso vai passar. Jesus, o Senhor da vida, está presente e tudo muda quando permitimos que Ele aja? O milagre acontece quando você estende a mão para o outro ajudando-o.
A convicção de que a pessoa vale mais do que os erros que tenha cometido nos coloca ao lado de Jesus e nos permite dizer continuadamente: “tudo concorre para o bem dos que amam a Deus”.

Acredite que toda pessoa humana merece uma nova oportunidade.