Pronto para ouvir

Pronto para ouvir

…Samuel […] respondeu: Fala, porque o teu servo ouve.

(1 Samuel 3:10)

 

Simplesmente porque ouvi cuidadosa e atentamente algo que Deus falou, não significa que ouvirei tudo o que Ele diz. Demonstro meu desamor e desrespeito pelo Senhor por meio da insensibilidade do meu coração e mente diante do que Ele diz. Se amo meu amigo, instintivamente compreenderei o que ele deseja. Jesus disse: “Vós sois meus amigos…” (João 15:14). Desobedeci alguma orientação do meu Senhor nesta semana? Se eu tivesse percebido que era uma ordenança de Jesus, não teria desobedecido deliberadamente. Mas a maioria de nós demonstra um incrível desrespeito por Deus porque nem sequer o ouvimos. De fato, é possível que Ele jamais tenha falado conosco.

 

O alvo da minha vida espiritual é manter uma identificação íntima com Jesus Cristo, de forma que sempre ouvirei Deus e saberei que Ele sempre me ouve (João 11:41). Se estiver unido a Jesus Cristo, ouvirei Deus o tempo todo pela dedicação em ouvi-lo. Uma flor, uma árvore, ou um servo do Senhor podem trazer-me Sua mensagem. O que me impede de ouvir o que Deus está dizendo é o desvio da minha atenção para outras coisas. Não é que eu não queira ouvi-lo, mas não sou piedoso em certas áreas da minha vida. Em vez disso, dedico-me a algumas coisas e até mesmo ao ministério e minhas próprias convicções. Deus pode falar aquilo que Ele quer, mas eu apenas não ouço o que Ele diz. A atitude de um filho de Deus deveria ser sempre: “Fala, porque o teu servo ouve.” Se não desenvolvi nem fortaleci esta dedicação de ouvir, posso ouvir a voz do Senhor apenas em certas ocasiões. Em outras vezes, me faço de surdo para Ele, e isso, porque minha atenção está centrada em outros interesses — coisas às quais penso que devo dar atenção e fazer. Isso não é viver como um filho de Deus.

Você já ouviu a voz do Pai hoje?

 

Por Oswald Chambers