Nosso anjo

Nosso anjo

 

Conta uma antiga lenda que um menino que estava para nascer, ao se encontrar com Deus, perguntou:

- É verdade que amanhã vais me enviar à terra? Como conseguirei viver lá, tão pequeno e indefeso que sou?

E Deus respondeu:

- Dentre todos os anjos, escolhi um especial para ti. Ele vai estar te esperando, cuidará de ti, te dará segurança, amor, carinho e tudo o que precisares.

- Aqui no céu eu só brinco, canto e rio, isso me basta para ser feliz, mas como entender o que as pessoas vão me falar, como aprender aquele estranho idioma? – perguntou o menino.

- Teu anjo te ensinará todas as palavras de que precisas, as palavras mais doces e ternas, com muito carinho e paciência te ensinará tudo o que precisas saber – disse Deus.

Novamente o menino perguntou:

- E como farei para falar contigo? Pois vou sentir muito a tua falta.

- Nesse momento também o teu anjo saberá como fazer, juntará as tuas mãozinhas e te ensinará a rezar.

Mas o menino insistiu:

- Ouvi que na terra há muitos homens maus, quem me defenderá?

- Teu anjo te defenderá com todas as forças, mesmo que isso he custe a própria vida – respondeu.

- Mesmo assim ficarei triste porque não poderei te ver, Senhor.

- Não te preocupes – disse Deus – o teu anjo falará sempre de mim em te ensinará o caminho para que chegues à minha presença e Andes conforme eu ensinei. E eu sempre estarei do teu lado, ajudando-te a vencer todas as dificuldades que encontrares.

Nesse instante uma profunda paz pairou no céu, começou-se a ouvir vozes vindas da terra e o menino exclamou:

- Deus já estou indo, mas como encontrarei o meu anjo? Diga-me o nome dele.

E Deus disse:

- Seu nome não importa, diga apenas “mãe” e “pai”.

Para refletir:

Deus não nos criou para a solidão ou o abandono. Ao nos criar, pensou em todas as formas de nos garantir segurança, tranquilidade, amor, paz...

Ao longo da vida vamos entrando em contato com diversas pessoas que são verdadeiros anjos enviados por Deus.

Convivendo com elas percebemos que estão ao nosso lado para nos ajudar a chegar à perfeição desejada por Deus na criação. As mais importantes são certamente nossos pais. Eles nos geraram, educaram, protegeram, fizeram de tudo para garantir nossa felicidade e realização. Nossa gratidão e respeito devem ser eternos.

Algumas perguntas que nos ajudam a pensar um pouco mais:

- Como agradeço a Deus pela presença dos meus pais?

- Como agradeço meus pais por tudo que representam na minha vida?

- Por que há tantas famílias que não conseguem viver em harmonia?

- Como posso ajudá-las?

- Aos que têm filhos: sinto-me verdadeiro anjo na vida deles?

- O que posso fazer para demonstrar meu amor aos meus pais?