Parábolas

Parábolas

6. O cavalo

A natureza nos ensina muito. Se prestarmos atenção nos movimentos instintivos dos animais e no ciclo natural dos vegetais, aprenderemos muitas lições.
A história do cavalho que caiu num buraco é um exemplo. Um fazedeiro, não muito rico, possuía alguns cavalos para ajudar na lida diária.
Certo dia, um desses cavalos caiu num velho poço abandonado. Só foi encontrado pelo capataz dois dias depois.
Fraco, e num buraco muito fundo, todos achram impossível tirar o cavalo com vida. O fazendeiro também foi ao local para conferir se algo poderia ser feito para poupar o bicho.
Avaliou a situação e decidiu que a melhor solução seria deixar o cavalo ali mesmo. Não valia a pena investir dinheiro para removê-lo, com risco de ele morrer mesmo que conseguisse ser retirado. Mandou o capataz sacrificar o animal, jogando terra no poço até enterrá-lo.
O capataz segiu a ordem. Chamou os empregados. Trouxeram pá e começaram a jogar terra no buraco para que o cavalo fosse soterrado. Mas à medida que a terra caía no lombo do cavalo, ele a sacudia e deixava cair no chão. Foi assim se acumulando no fundo do poço, diminuindo sua profundidade.
Depois de um tempo perceberam que o cavalo estava bem próximo, muito mais  alto do que antes. O cavalo não se deixava enterrar. Jogava a terra para os lados, o que lhe possibilitava ficar sempre mais alto, até que o poço ficou numa profundidade que lhe possibilitou sair normalmente.

Para refletir

O instinto de sobrevivência trouxe ao cavalo uma solução. Lutando para não ser enterrado, ele conseguiu superar uma situação que parecia definitiva. Isso vale para nós. nenhuma derrota é definitiva. Lutando, sempre encontraremos uma saída. Se não nos permitirmos ser derrotados, nada nem ninguém nos deixará no fundo do poço. A terra. que a vidajoga sobre nós para tentar mos desanimar pode ser a solução. Somente a nós cabe fazer das quedas um motivo de ascensão; dos problemas e obstáculos, uma lição para enriquecer nossa vida.

Alguma vez me senti na situação do cavalo da parábola? Estive no fundo do poço, onde tudo parecia dar errado, mas por uma caso do destino encontrei solução para meu problema? Às vezes tudo é uma questão de ponto de vista, mas precisamos ser ajudados a mudar de perspectiva. Estou aberto a esta mudança? Como posso ajudar os outros a ver de modo diferente seus problemas?

Pontos a serem trabalhados em nós

Superação de problemas, maturidade, crescimento pessoal, ensinamentos da natureza, sabedoria de vida, desinstalar-se, mudança de vida, conversão/transformação, desafios, atitudes saudáveis, aprendizagem com erros e dificuldades, autoconhecimento.