Amor e apoio

Amor e apoio

Leia: Filipenses 4:10-18 ,Amós 7–9, Apocalipse 8

Dou graças ao meu Deus […] pela vossa cooperação no evangelho, desde o primeiro dia até agora. —Filipenses 1:3,5

Recebi um bilhete de uma amiga que trabalha num orfanato de um país em desenvolvimento: “Ontem, enquanto estava sentada à mesa de meu escritório, notei uma fila de formigas no chão. Ao segui-la fiquei chocada em ver que milhares de formigas haviam coberto as paredes do prédio — por dentro e por fora. Elas invadiram tudo. Felizmente, um dos trabalhadores agiu rapidamente. Menos de uma hora depois, as formigas tinham desaparecido.”

 

Após contar esta história, ela escreveu: “E como foi o seu dia no trabalho?” Algumas vezes precisamos de lembretes sobre quais são as necessidade daqueles que deixaram para trás o conforto e a comodidade de seus lares. Deus chama cada um de nós para servi-lo em caminhos diferentes e alguns destes são pedregosos. Trabalhar num escritório tomado por formigas não é atrativo para ninguém, mas minha amiga não está lá pelas vantagens.

 

Ela e muitos cristãos tiveram seus corações cativados por Cristo e creem que abandonar certos confortos e conveniências “essenciais” é algo pequeno a fazer para honrar aquele que nos ama. Eles precisam de nosso apoio da mesma maneira como Paulo dependia dos seus amigos em Filipo — por comunhão (Filipenses 1:5), financeiramente (4:16) e por cuidado (4:18). Ao encorajarmos nossos amigos que abandonaram seus ambientes familiares para servir a Deus em outro lugar, demonstramos os nosso amor por Aquele que os enviou.

 

A glória da vida está em amar, em dar e em servir sem esperar recompensa.

por Dave Branon