O custo da santificação

O custo da santificação

O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo…

(1 Tessalonicenses 5:23)

 

Quando oramos pedindo a Deus para nos santificar, estamos preparados para compreender o que isso verdadeiramente significa? Normalmente tomamos a expressão santificação de modo leviano. Estamos preparados para pagar o preço da santificação? O custo será uma profunda restrição de todas as nossas preocupações terrenas, e um extenso cultivo de todas as nossas preocupações espirituais. A santificação significa manter-se intensamente focado no ponto de vista de Deus. Isso quer dizer: assegurar e manter toda a força do nosso corpo, alma e espírito somente para o propósito do Senhor. Estamos verdadeiramente preparados para Deus realizar em nós todas as coisas para as quais Ele nos separou? E depois de Ele ter feito a Sua obra, estamos preparados para nos separarmos para o Pai do mesmo modo como Jesus o fez? “A favor deles eu me santifico a mim mesmo…” (João 17:19). O motivo de alguns de nós não termos experimentado a santificação é por não termos compreendido o significado da santificação da perspectiva de Deus. A santificação significa tornar-se um com Jesus, para que a natureza que o controlou também nos controle. Estamos realmente preparados para esse custo? Vai nos custar tudo em nós que não pertencera Deus.

 

Estamos prontos para mergulhar no pleno sentido da oração de Paulo nesse versículo? Estamos preparados para dizer: “Senhor, transforma esse pecador salvo pela graça em alguém tão santo quanto for possível.” Jesus orou para que pudéssemos ser um com Ele, assim como Ele é um com o Pai (João 17:21-23). A inequívoca evidência do Espírito Santo na vida de uma pessoa é a inquestionável semelhança familiar com Jesus Cristo e o total desapego a tudo quanto não se assemelha a Ele. Estamos prontos para nos colocarmos à disposição para o agir do Espírito Santo em nossa vida?

 

Por –Oswald Chambers