Aprendamos a dividir o nosso alimento com o próximo

Aprendamos a dividir o nosso alimento com o próximo

Não falta pão nem alimento para ninguém, o que falta é o milagre do coração convertido, que se acalma e divide o que tem.

 

Quando contemplamos o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes, ficamos maravilhados e achamos que Jesus fez uma mágica. Deus não realiza mágicas, até porque mágicas são coisas enganosas e ilusórias, e Ele não faz nada que seja ilusório ou enganoso. Deus realiza a transformação, Ele tem poder sobre o pão e sobre os peixes.

 

Deus tem poder sobre nós e sobre a nossa vida, o poder d’Ele vai transformando a nossa condição. A graça desse grande milagre de Jesus foi, realmente, ver que o cuidado do Mestre fez com que o pão que parecia tão pouco pudesse ser multiplicado, transformado e que desse para todos.

 

Há algo muito singular aqui, primeiro, porque Jesus acalma a multidão, manda que todos se sentem. Quando nos sentamos e nos acalmamos, Deus vai nos alimentando, porque, se não nos acalmarmos, a fúria vai nos alimentando, e não tem alimento que sacie o coração que está furioso, revoltado e indignado, porque não temos o nosso alimento. Quando nos acalmamos, Deus vai nos saciando da Sua Palavra.

 

Segundo, Jesus ensina a partilhar o pouco que temos. O que são cinco pães e dois peixes? Talvez não dê nem para alimentar uma pessoa ou uma família. Experimente a graça de dividir o que você tem. Quando sabemos repartir o que temos com o outro, quando sabemos dividir os cinco pães, os dois peixes, o pouco de arroz e o feijão, tudo se multiplica e a festa acontece.

 

É preciso que o alimento seja encarado como dom sagrado. Primeiro, agradecemos a Deus, porque Jesus disse: “Ele tomou o pão e deu graças”. É o que Ele vai fazer depois com a Eucaristia, pois ela é Seu Corpo dividido, que se multiplica para alimentar a fome de Deus que todos nós temos.

 

O pão que Deus criou para a humanidade dá para alimentar toda a face da Terra cem vezes mais; depois, o que sobra é recolhido e guardado para depois. Não falta pão nem alimento para ninguém, o que falta é o milagre do coração convertido que se acalma, divide o que tem e é capaz de multiplicar todos os dons que Deus nos deu.

 

Deus abençoe você!

 

Fonte: Canção Nova