Meditação diária: 14 de janeiro de 2017

Meditação diária: 14 de janeiro de 2017

Dom da graça

Leitura: Mateus 22,34-39

Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; [...] é dom de Deus. (Efésios 2,8)

Uma mulher contou-me que, quando pequena, as crianças da vizinhança não podiam brincar com ela porque não frequentava uma igreja. Mais tarde, ao se tornar cristã, sua mãe çhe perguntou: "Você não cai começar a agir como se fosse melhor do que todos nós, não é?" A mãe dela tinha a impressão errada do que é ser cristã por causa de seus vizinhos.
É bom sermos vigilantes em relação às influências na vida de nossos filhos, mas não ao ponto de não podermos compartilhar o amor de Deus com nossos vizinhos. As palavras de Jesus em Mateus 5,14-16 afirmam: "Vós sois a luz do mundo. [...] Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas noas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus".
Podemos sentir uma tensão entre viver uma vida santa, "separada (2Coríntios 6,17) e o mandamento de amar o nosso próximo como a nós mesmos (Mateus 22,39). Mas esses dois conceitos não se opõem. Um aspecto central da vida de obediência a Deus é demonstrar preocupação e amor pelos perdidos.
Como não fizemos nada para merecer a salvação, nada temos de que nos vangloriar. Paulo escreveu: "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie" (Efésios 2,8-9). Compartilhe esse presente da graça com outros!

O testemunho de Cristo mostra a graça de Deus e compartilha o Seu amor.