O amor sempre vence

O amor sempre vence

"Povo meu, que habitais em Sião, não tenhas medo da Assíria, que te fare com o seu bastão!" (Is 10,24) 

Após a vinda de Cristo, o povo de Deus não habita somente em Sião, em Jerusalém, na Palestina, mas no mundo inteiro. O povo da nova Aliança, a Igreja, foi enviado por Deus para anunciar que seu amor se estende a todos que o quiserem acolher, em todos os recantos da terra. É por isso que a Igreja é católica, ou seja, universal. Agora, já não são mais os assírios ou os egípcios que perseguem o povo de Deus, mas aqueles que pertecem ao reino das trevas, também eles presentes em toda parte, que não só recusam a salvação de Deus como fazem de tudo para que ninguém mais a consiga. Existem realidades que tem por único objetivo destruir a Igreja. Por isso a atacam e a perseguem por toda parte e procuram desacretidá-la, para que haja mais fiéis. Mas a Igreja não é animada por um homem ou por um grupo de pessoas, mas pelo próprio Deus, que prometeu que as forças do mal não sairão vencedoras, apesar dos pecados de seus membros. As perseguições são normais e o próprio Cristo já as havia previsto, porque ele mesmo foi perseguido e flagelado pelos homens a quem deu a vida. Seu coração foi ferido porque amou demais, além de todos os limites humanamente aceitáveis. Ainda hoje continua a ser perseguido todas as vezes que ao seu amor respondemos com o pecado. Mas não tenhamos medo, o amor sempre vence!