Meditação diária: 31 de janeiro de 2017

Meditação diária: 31 de janeiro de 2017

Responsabilidade 

Leitura: Isaias 53

Mas ele foi traspassado pelas nossas trangressões e moído pelas nossas iniquidades... (v.5) ​ 

Ao aparecerem escombros em chamas e pessoas desesperadas na tela da TV, um repórter disse: "Uma organização terrorista assumiu a responsabilidade pelos bombardeios de ontem à noite, que deixaram 23 mortos e muitos feridos." Isso foi um simples ato ocasional de  violência, mas um ato calculado a fim de aterrorizar pessoas e promover os objetivos daqueles que deram um passo a frente e disseram: "Nós fizemos isso".
Diferente desse ato insano, um dos atos mais brutais da história teve a intenção de trazer paz e cura - e não medo. Além disso, Deus se responsabilizou por ele na profecia de Isaías, sete séculos antes da sua ocorrência. O profeta previu a morte do Messias com as palavras: "Mas ele foi traspassado [...] o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras, fomos sarados [...]. Todavia, ao Senhor agradou moê-lo..." Isaías (53,5-10)
Pouco antes de ser crucificado, Jesus Cristo disse: "Ninguém a [vida] tira de mim; pelo contrário, eu espontaneamente a dou [...] Este mandato recebi de meu Pai" (Jo 10,18). Jesus morreu espontaneamente por nossos pecados, para que pudéssemos viver pela fé nel.
Deus assumiu a responsabilidade pela morte de Seu Filho, o que permite que qualquer pessoa reivindique esse presente de perdão.

A busca pelo perdão termina quando encontramos Cristo.