Sejamos o evangelho vivo que as pessoas irão ler Parte I

Sejamos o evangelho vivo que as pessoas irão ler Parte I

Sejamos o evangelho vivo que as pessoas irão ler

“O que as pessoas vão pensar quando ouvirem que eu sou um maluco por Jesus?

 

O que as pessoas vão fazer quando virem que isso é verdade?

 

Eu não me importo se eles me rotulam de Maluco por Jesus

 

Pois não há como esconder a verdade

 

As pessoas dizerem que sou estranho faz de mim um estranho?

 

Meu melhor amigo nasceu em uma manjedoura”.

 

– dc Talk, “Jesus Freak”

 

Ser um seguidor de Jesus é ser um “maluco”, alguém que é diferente do padrão do mundo. Se dizemos que somos cristãos, mas ninguém que convive ao nosso redor percebe que somos cristãos, então há algum problema. O cristão é alguém que vive de maneira diferente, que anda na contramão, e as pessoas percebem,

Pensando nisso, eu gostaria de trabalhar três perguntas.

 

1. Por que o cristão anda na contramão?

 

2. Será que as pessoas sabem que você é um cristão? Será que as nossas atitudes são típicas de alguém que se diz cristão?

 

3. Será que você tem medo do que as pessoas vão pensar a seu respeito por ser um seguidor de Jesus?