Você conhece o santo abandono para os momentos difíceis?

Você conhece o santo abandono para os momentos difíceis?

Aprenda a entregar seus problemas a Deus

Meu Deus, por que isso está acontecendo? Por que o senhor permite que isso aconteça?

 

Diariamente, recebo mensagens de pessoas que comentam: “Nada funciona na minha vida. Rezo. Faço jejum. E não vejo nenhuma solução para os meus problemas”.

 

Eu compreendo. Isso também acontece comigo. A vida, geralmente, não é como esperamos. Tantas dificuldades e ninguém sabe como ir adiante. Tudo é difícil.

 

Mas eu aprendi que, apesar de tudo, a vida é uma aventura maravilhosa. Tenho quatro filhos, uma linda esposa e muitos problemas para resolver.

 

E o que fazer nos momentos difíceis? Somente o que tem sentido: “CONFIAR”.

 

Devemos confiar plenamente em Deus, nosso Pai. Se Ele permite uma prova, ela fará algum sentido. E nós só vamos entender no fim.

 

Sei que Deus é nosso Pai. Um pai como Ele, que é Amor, tudo faz pelo bem de seus filhos. Então, por que devo temer?

 

Gosto muito da carta que São Tomás Moro escreveu para sua filha antes de ser executado, com a certeza de que Deus nunca o abandonaria:

 

 “Embora eu esteja convencido, minha querida Margarida, de que a maldade de minha vida é tanta que eu mereceria que Deus me abandonasse de tudo, nem por um momento deixarei de confiar em sua imensa bondade”.

 

Aprendi que, quando passamos por momentos difíceis, isso é para o nosso crescimento espiritual, para fortalecer nossa fé e para aprendermos o santo abandono.

 

Precisamos fazer nossa parte, não nos rendermos, sermos perseverantes na oração, desejar a presença de Deus, guardarmos o estado de graça como um tesouro e seguirmos caminhando. Além disso, temos que ser exemplos para os que estão em nossas vidas. Temos que nos santificar.

 

Por isso, ame a santa vontade de Deus, que é perfeita. Não tenha medo de abandonar-se em suas mãos amorosas.

 

Há 12 anos eu vivo esta experiência espiritual maravilhosa e nunca deixo de me surpreender.

 

Quando eu atravesso um caminho inóspito ou quando não encontro soluções para os meus problemas, faço o que eu posso. Depois, recorro a Jesus no sacrário, dizendo:

 

 “Eu te entrego tudo isso, Jesus. Fiz o que pude. Agora o problema é seu. Não consigo mais”.

 

É incrível! No dia seguinte, aparecem várias soluções. Lembro-me de uma vez que fui ver Jesus no sacrário só para lhe dizer: “O Senhor é o máximo”.

 

Fácil? Não, não é. É difícil confiar. Costumamos ter um pé na terra e outro no céu. Mas vale a pena. Acredite. Sua vida vai mudar.

 

Tudo o que se faz pelo amor de Deus vale o esforço.

 

Deus te abençoe!

Texto de Claudio de Castro