Meditação diária: 16 de fevereiro de 2017

Meditação diária: 16 de fevereiro de 2017

O grande achado.

Leitura: 2 Crônicas 34,14-21

...Achei o Livro da Lei na Casa do Senhor. (v15)

 

Em 1987, um casal comprou quatro livros numa venda dos bens que haviam sido herdados em certa propriedade. Eles ficaram entusiasmados quando viram que os livros continham duas coleções de cartas e sermões do pregador e autor de hinos John Newton (1725-1807). Também estava incluída uma obra, em dois volumes, de seus sermões baseados no Messias de Handel.
A famílai de John Newton preservou esses escritos no decorrer dos anos. Seus herdeiros os levaram para os EUA em 1840. Elkes foram usados, posteriormente, em comemoração ao 200.o aniversário dele, por uma organização que reeditou e publicou todos os trabalhos de Newton. Depois disso, os livros originais seriam doados a um museu na Inglaterra.
Achado ainda maior está registrado em 2 Crônicas 34,15. Durante o reinado de Josias, como rei de Judá, ele ordenou que o templo fosse restaurado. Hilquias - sumo sacerdote - encontrou, no templo, o Livro da Lei que havia sido dado a Moisés pelo Senhor. Quando Josias ouviu as palavras da Lei (v19), sentiu-se culpado e, mais tarde, diante de seu povo, fez uma aliança comprometendo-se a obedecer "de todo o coração e de toda a alma" aos mandamentos escritos no livro (v.31).
A Bíblia ainda é o melhor livro que podemos descobrir. Nela aprendemos o que Deus quer que façamos para agurdá-lo.

A Palavra escrita revela a Palavra Viva.