>

Fortalecidos

Fortalecidos

“Fortalecidos por tal esperança, temos plena confiança” (2Cor 3,12)

 

Medo de ser sincero! Hoje vamos falar disso. Não é fácil comportar-se com muita franqueza, de modo transparente, e comunicar aquilo que se é, exprimindo sinceramente o próprio pensamento e expondo-se num confronto claro. Em geral, prevalece o medo de perder alguma coisa a que estamos ligados: o prestígio, um afeto, uma posição, um ofício, um privilégio ou um bem material. Escravos das conveniências, somos muito fracos, porque incapazes de livrar-nos de seus condicionamentos. E tal incapacidade provém do fato de que somos carentes de esperança. Ligamos nosso bem a coisas passageiras e não abrimos nossos horizontes às realidades eternas. Dessa forma, como faremos para ter esperança no futuro? Quem é forte na esperança de uma vida que jamais terminará, não teme perder a realidade passageira desta vida terrena. Que, acredita no amor eterno, não tem medo de perder os afetos terrenos. Então, sim, a franqueza ganha terreno em meio às ambigüidades. Fortalecidos nessa esperança, tornamo-nos verdadeiros nos relacionamentos, temos coragem de dizer o que pensamos, temos força para dizer sim e para dizer não, somos livres e serenos ao enfrentar tudo. Quando alguém diz que a fé não serve para nada e que Deus não tem a ver com as coisas abstratas, comete um erro enorme. Não entende que a fé nas realidades últimas, justamente com a esperança e o amor que delas derivam, são coisas mais concretas que existem. Portanto, não tenha medo! Espere em Deus e seja sincero!