Amizade internacional

Amizade internacional

Leitura: Colossenses 1:1-12

Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós. v. 3

Em 1947, Nádia, da Bulgária, e Millicent, dos EUA, se tornaram amigas por correspondência. Por anos, elas trocaram cartas com fotos, experiências de escola e seus sonhos. Elas pararam de trocar cartas quando o governo da Bulgária proibiu o contato com pessoas do mundo ocidental.

Depois de anos de agitação e mudanças políticas, Millicent enviou uma carta para o último endereço que tinha de Nádia. Para a sua alegria, a carta chegou ao seu destino. Pouco depois, elas descobriram qua ambas haviam casado com médicos e colecionavam conchas. Após 48 anos desde suas primeiras cartas, as duas amigas finalmente se encontraram, quando Millicent exclamou: "Nádia! Eu a reconheceria em qualquer lugar!"

As cartas do apóstolo Paulo estão repletas de afeição e gratidão por seus amigos. Em sua carta aos Colossenses, ele escreveu: "Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós" (1:3). Suas cartas também deram ânimo para a caminhada com Cristo (v.10)

A amizade pode ser um presente de Deus, mas nada é tão profundo quanto os relacionamentos daqueles que compartilham a união em Cristo. Na verdade, Jesus ordenou aos Seus discípulos: "O meu mandamento é este: que vos amei uns aos outros, assim como eu vos amei" (João 15:12). Nele, os relacionamentos que cultivamos são tesouros que vão durar para sempre.

Um verdadeiro amigo é um presente de Deus.